quinta-feira, 28 de julho de 2016

Com 3 De Oliveira Santos Despacha Gama Na Copa Do Brasil.


Mais uma noite de festa na Vila mais famosa do planeta e neste clima o Santos venceu o Gama com o artilheiro Ricardo Oliveira marcando os três gols do time da Baixada Santista.

O Peixe não deu chance para o Gama, no primeiro tempo, com mais de 70% de posse de bola, praticamente foi só o time da Vila Belmiro que atacou e em noite de artilheiro, Ricardo Oliveira emplacou um golaço, aos 26 minutos, o atacante santista limpou o lance dentro da área e bateu no canto contrário do goleiro. Aos 44, Léo Cittadini sofreu pênalti, na cobrança, o artilheiro da noite mandou para o fundo da rede.

No segundo tempo, o Peixe continuou melhor, mas aproveitando os espaços criados pelo Gama, que se lançou em busca da tentativa de empate. Vanderlei defendeu todas as bolas bem chutadas pelo Gama e mandou para longe as possibilidades de gols do time visitante.

Já no ataque, Vitor Bueno sofreu penalidade, na cobrança, Ricardo Oliveira ampliou, aos 12 minutos da etapa final.

No final da partida, Vitor Bueno ainda teve chance de ampliar, mas ao ficar frente a frente com o goleiro, tocou rasteiro e não conseguiu vencer o guarda-meta.

O Santos aguarda agora o sorteio na próxima terça, que irá decidir o adversário das oitavas. Pela 17ª rodada do Brasileirão tem jogo na Vila Belmiro, no próximo domingo, às 16h contra o Cruzeiro.

Santos 3 x 0 Gama.
Local: Vila Belmiro - 27/7/2016, às 21h45.
Público: 9.883 / Renda: R$ 147.395,00.

Santos: Vanderlei; Gustavo Henrique, Daniel Guedes, Luiz Felipe (David Braz) e Caju; Renato, Vecchio (Elano), Vitor Bueno e Léo Cittadini; Copete (Joel) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior.

Gama: Adilson Maringá; Dudu Gago (Gordo), Pedrão, Murilo Gome e Felipe Assis; Eduardo, David, Michel e Jéferson Paulista (Ítalo); Marcos Bahia e Roberto Pítio.
Técnico: Reinaldo Gueldini.

Gols:
Santos: Ricardo Oliveira 26' (1º T), 44' (1ºT) e 12' (2ºT).

Cartões Amarelos:
Santos: Copete.
Gama: Maringá, Murilo, Pedrão, Eduardo, David e Michel.

Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA).
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Fabiano da Silva Ramires (ES).

domingo, 24 de julho de 2016

Vitória Da Raça Santista No Barradão!

Imagem de Edson Ruiz

Mais uma vitória fora de casa, mais três pontos que mantiveram o Santos no G4, com apenas três pontos do líder da competição. Era tudo que o torcedor esperava nesta reta do campeonato e era também tudo o que o time buscava. E o que parecia ser fácil, se complicou, mas a raça santista prevaleceu no final da partida.

domingo, 17 de julho de 2016

Torcida Julho 2016 II.


É uma razão inexplicável. É um amor incondicional. É uma paixão sem fim. É um sentimento que não cabe dentro do peito e precisa ser sempre externado em forma de manto, na bandeira hasteada no meio da casa, em cima do carro, dentro do estádio ou no meio da avenida. Não há hoje, um santista vivo que não tenha visto o seu time ser campeão, pelo menos antes do final do Paulistão. E com certeza, os que nasceram carregando o orgulho do manto alvinegro praiano vão ser um dos torcedores mais felizes do planeta.

sábado, 16 de julho de 2016

Santos Passeia Pela Ponte Na Vila.

Imagem de Ivan Storti

O Santos começou a 15ª rodada do Brasileirão já dentro do G4, pois ao iniciar a partida, o empate já dava condição ao Peixe de ficar na frente do Flamengo.

terça-feira, 12 de julho de 2016

Santos Arranca Empate No Chiqueiro.

Imagem de Marcello Zambrana

Chiqueiro de chique, chiqueiro de local da porcada, qualquer uma dessas definições para quem provocou a semana toda achando que iria golear o Santos no Allianz Parque e quase saiu com uma derrota dentro de casa.

domingo, 3 de julho de 2016

Peixão Vence Com Desarrumada De Copete.

Imagem de Ivan Stort

Foi preciso apenas quatro minutos de jogo para que um jogador desarrumasse toda defesa da Chapecoense. Copete entrou aos 11 minutos do segundo tempo e incendiou a partida, quando o Peixe não se dava muito bem em mandar a bola na direção certa.

Copete Entra E Muda O Jogo Na Vila.


Não aconteceu muita coisa no primeiro tempo da partida entre Santos e Chapecoense, pela 13ª rodada do Brasileirão. Com apenas duas bolas desviadas de cabeça, o Peixe foi para o intervalo devendo muito no ataque. Mas no segundo tempo, um jogador mudou toda a história da partida.

Artigos Mais Visitados Da Semana

Página Inicial do Blog Promoções e Resultados Ancunios do Blog
Sobre o Blog Torcedor Santista FC Enquetes do Blog Netshoes
Políticas e Regras do Blog Feed - Receba nossas publicações por e-mail Curso 24 Horas
Entre em Contato Conosco Redes Sociais
Parcerias
Gata Santista
Torcedor Santista FC